Nordeste possui uma forte característica a abundância em luz solar, pois o Sol banha todos os nove Estados. O crescimento econômico e sustentável também está se tornando uma tendência, a região atingiu um novo recorde na geração de energia solar, de acordo com o Operador Nacional do Sistema (ONS).
A energia solar atingiu o recorde de 675 megawatts (MWp), segundo o ONS, com fator de capacidade batendo 86%. O Nordeste abriga grande parte das usinas solares e eólicas do Brasil e devido a sua excelente performance, exporta energia para outros estados da federação como o Sudeste e Centro-Oeste. No dia 29 de agosto, a taxa de exportação chegou a 2.055 MW médios.
O potencial energético, tanto do Brasil como do Nordeste, é grande! Para se ter ideia, estudos realizados pelas empresas de pesquisas energéticas estimam que até o ano de 2026 as fontes renováveis terão uma expansão de 41 gigawatts, através de usinas eólicas e solares, que serão responsáveis por gerar cerca de 19 gigas. O uso de sistemas utilizando essas formas renováveis e sustentáveis têm crescido cada vez mais entre comerciantes, agricultores e consumidores.
O governo do vizinho Estado de Pernambuco, por exemplo, teve a iniciativa de firmar uma parceria com o Banco do Nordeste e a concessionária local com o objetivo de incentivar a microgeração distribuída para pequenos negócios. Ou seja, as empresas interessadas em adquirir placa solar, encontram fornecedores do setor para auxílio. De acordo com o secretário-executivo de Energia de Pernambuco a ação do governo é de grande valor, além dos clientes terem como reduzir sua conta de luz emitida pela companhia elétrica estadual.
Pernambuco autorizou o financiamento de projetos de energia solar fotovoltaica para pessoas físicas com recursos da Federação Nacional dos Engenheiros (FNE) que também é responsável por impulsionar a utilização da energia solar em residências da região Nordeste. O Atlas Brasileiro de Energia Solar, publicado em 2017 pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), mostra os valores médios anuais da irradiação solar no Brasil. Baseado nesse estudo, o Nordeste é a região que possui os melhores parâmetros, apresentando o maior nível de irradiação solar, sendo sua média anual de 5,52 kWh/m2 – dia.
Diante desse cenário, existe uma previsão para o ano de 2020 em diante de que sejam instalados mil megawatts-pico, potência atualmente utilizada para a fonte. Além disso, segundo estudos do Plano Decenal, o Brasil tem capacidade para reter 10 gigawatts-pico de centrais solares e 3,5 gigas de geração distribuída solar. As pesquisas realizadas mostram que o crescimento das fontes renováveis no Brasil e em seus Estados manterão um ritmo progressivo.

Pronto para um atendimento de ponta?

Realize agora a simulação do SEU projeto de Energia Solar

OBTER ORÇAMENTO
(083) 9324-0200

Continue Lendo

Fique por dentro de nossos conteúdos!

Cadastre-se em nossa Newsletter para receber as novidades sobre energias renováveis em seu e-mail

Obrigado pela sua mensagem. Já foi enviada.
Ocorreu um erro ao tentar enviar sua mensagem. Por favor, tente novamente mais tarde.