A energia solar vem crescendo e trazendo variadas formas de uso, seja qual for o tamanho dos painéis solares, o projeto ou o local, essa fonte de energia sustentável não decepciona e a geração de energia solar está em ascensão pelo mundo inteiro. Considerada uma fonte de energia inteligente, a energia solar está sendo explorada e descoberta como a energia do futuro.
Estudos feitos em usinas flutuantes em países da Europa e da Ásia, locais cujo nível de irradiação é bem menor do que no território brasileiro, mostram que a tecnologia de geração solar no espelho d’água gera aproximadamente 14% a mais de eletricidade do que o sistema em terra ou no telhado por exemplo.
O aumento de geração de energia se deve em função do resfriamento da temperatura dos painéis fotovoltaicos instalados no espelho d’água. Uma outra vantagem de gerar energia solar na água é possibilitar um uso mais nobre da terra, por exemplo, seja para a agricultura ou outras atividades primordiais do ser humano. A tecnologia utilizada reduz a evaporação da água na área coberta pelos flutuadores, o que representa uma adição do volume hídrico de aproximadamente 20%.
No País, a energia solar flutuante, embora ainda esteja em fase inicial é aplicada em reservatórios de usinas hidrelétricas, em reservatórios de empresas de saneamento básico e em açudes e cursos d’água de propriedades rurais.
Equipes do Ministério da Integração Nacional e do Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA) estão realizando uma série de estudos para viabilizar o uso da energia solar e de outras energias renováveis no Projeto de Integração do Rio São Francisco.
O principal objetivo ao escolher energias renováveis é diminuir o consumo de energia elétrica do sistema, que, atualmente, representa cerca de 80% dos custos da operação do empreendimento. Além disso, as energias renováveis são menos poluentes e que menos agridem o ecossistema. Um estudo envolve uma série de fatores, como, por exemplo, custos de investimento, hidrografia e clima.
A equipe responsável pelo projeto anda estudando a geração de energia solar por meio de uma plataforma solar flutuante. Muitos locais do mundo já possuem essa tecnologia. Instalada as placas solares flutuantes, a evaporação diminui, pois, o equipamento montado nos canais bloqueia a radiação solar.
Outro estudo bem mais recente feito pela Unicamp, cuja resposável professora Karina Maretti Strangueto, do Departamento de Energia da Faculdade de Engenharia Mecânica (FEM), mostrou um potencial gigantesco de geração de energia solar flutuante nas áreas alagadas dos reservatórios de hidrelétricas.
A pesquisa feita pela pesquisadora demonstrou que é possível aumentar em pelo menos 70% a geração energética brasileira usando apenas 8% da área total dos reservatórios hidrelétricos, com acréscimo anual de cerca de 400 mil GWh, o que corresponde a aproximadamente 70% de todo o consumo nacional.
Outra vantagem apontada pela pesquisadora é poder compartilhar a estrutura de linhas de transmissão já instaladas nas usinas hidrelétricas, além de aproveitar todo potencial de incidência solar.
A pesquisa cobriu 165 das principais usinas hidrelétricas brasileiras, observando as áreas, latitudes, longitudes, altitudes, temperaturas e climas de cada reservatório para apurar o potencial de geração de energia solar fotovoltaica.
A primeira usina solar flutuante em operação no Brasil fica, no entanto, em uma propriedade rural. A Fazenda Figueiredo das Lages, em Cristalina (GO), no entorno do Distrito Federal, aproveitou uma lagoa artificial, que é abastecida com águas das chuvas por captação dos telhados e utilizada para irrigação, e instalou 1.150 painéis fotovoltaicos.
O grande potencial de incidência solar em nosso país deve ser aproveitado de todas as maneiras que forem possíveis, pois existem muitas formas de aplicar e utilizar a energia solar fotovoltaica. Através de uma pesquisa foi revelado que painéis solares flutuantes entregam até 14% mais de eficiência energética.
A energia solar captada através de placas solares já vem sendo usada por mais de 40 mil brasileiros. Esta nova forma de produção de energia, com painéis solares flutuantes instalados em lagos de usinas hidrelétricas, está sendo testada e promete ser um sucesso! As tecnologias voltadas para energia solar estão sendo a melhor alternativa para unir inovação, sustentabilidade e economia.

Pronto para um atendimento de ponta?

Realize agora a simulação do SEU projeto de Energia Solar

OBTER ORÇAMENTO
(083) 9324-0200

Continue Lendo

Fique por dentro de nossos conteúdos!

Cadastre-se em nossa Newsletter para receber as novidades sobre energias renováveis em seu e-mail

Obrigado pela sua mensagem. Já foi enviada.
Ocorreu um erro ao tentar enviar sua mensagem. Por favor, tente novamente mais tarde.