Em todo o mundo, especialistas e pesquisadores de energia e meio ambiente entendem que cedo ou tarde será necessário substituir a maior parte das nossas fontes energéticas por alternativas sustentáveis. Quando esse assunto entra na pauta, os impactos ambientais da energia solar se destacam por serem menores se comparados às demais fontes que conhecemos.

Os benefícios da energia solar são evidentes, porém muitas pessoas ainda carecem de informações adequadas sobre o assunto para compreenderem melhor que adotar sistemas solares pode compensar inclusive financeiramente. Por isso, hoje trouxemos algumas informações para ajudar a mudar a forma como as pessoas encaram a energia solar.

Acompanhe o conteúdo até o fim e se atualize sobre esse tema!

Quais os impactos ambientais da energia solar?

Na contramão de outras fontes energéticas, os sistemas fotovoltaicos, utilizados na captação de energia solar, não lançam gases prejudiciais na atmosfera, não desviam rios, não criam barragens nem geram outros resíduos poluentes. Logo, podemos dizer que a ampla adoção de sistemas solares como matriz energética pode ser muito benéfica para a natureza, pois diminuiria drasticamente o impacto ambiental e ecológico da geração de energia.

Portanto, embora ainda exista muita resistência do mercado, a tendência é de que nas próximas décadas as fontes tradicionais sejam gradualmente substituídas por fontes renováveis, especialmente pela energia solar.

Os impactos ambientais da energia solar e de construir grandes usinas fotovoltaicas são consideravelmente menores se comparados ao de hidroelétricas ou de usinas nucleares. Isso se deve à altíssima durabilidade dos materiais utilizados na construção dos sistemas fotovoltaicos, como explicaremos no próximo tópico.

Ciclo de vida dos sistemas fotovoltaicos

A maior parte dos impactos ambientais da energia solar, ocasionados pela adoção de sistemas fotovoltaicos de geração de energia, se dá na construção das placas de captação. As placas que compõem os sistemas têm três fases em seu ciclo de vida: manufatura, operacional e desconexão.

A fase de manufatura diz respeito à fabricação das placas, que passa pela extração de matéria-prima, tratamento dos materiais, acabamento dos equipamentos e instalação dos sistemas. A fase operacional se limita ao período em que o equipamento é utilizado e quando ele deve passar por manutenções. Por fim, na fase de desconexão temos a substituição de peças defeituosas e o descarte das que não são mais aproveitáveis.

Eficiência da energia solar

Considerando o uso de materiais e de energia para a fabricação dos equipamentos que compõem os sistemas fotovoltaicos, pode-se ter a impressão de que os impactos ambientais da energia solar podem ser iguais ou maiores do que o de outras fontes. Contudo, é exatamente aí que essa fonte energética mostra a sua eficiência.

O avanço em pesquisas para tornar os sistemas fotovoltaicos mais sustentáveis tem demonstrado o potencial de diminuir ainda mais o impacto da sua construção e instalação. Esse fato está ligado principalmente à redução no uso de matéria-prima na fabricação de peças, ao reaproveitamento e à reciclagem de peças.

Quando trabalhamos com a construção de sistemas fotovoltaicos, estamos lidando com equipamentos e instalações que têm vida útil de até 25 anos. Considerando que uma placa consegue repor em pouco mais de 2 anos toda a energia e custos utilizados na sua fabricação, ainda restam praticamente 23 anos de geração livre de custos.

Assim, ao pensar em um investimento de longo prazo, além dos impactos ambientais da energia solar serem menores, essa opção mostra-se altamente rentável.

O futuro energético e o papel das empresas

Dados os benefícios ambientais e econômicos de gradualmente substituir fontes tradicionais pelas sustentáveis, o mercado de sistemas fotovoltaicos tem crescido em todo o mundo, e no Brasil não é diferente.

Leia também: Meio ambiente: Como a Teccel contribui para a reciclagem?

Segundo um levantamento realizado pela Agência Internacional de Energia Renovável, esse mercado deve movimentar aproximadamente 385 milhões de dólares em 2025. Apenas em 2018 o mundo ganhou mais 104,1 Gigawatts em geração de energia fotovoltaica.

Devido às condições climáticas favoráveis, o Brasil deve ser um dos líderes mundiais na produção desse tipo de energia. Desse modo, cada vez mais empresas têm procurado substituir ao menos parcialmente a sua geração de energia pelos sistemas fotovoltaicos.

A Petrobras, por exemplo, incluiu em suas estratégias a energia solar. O foco é desenvolver pesquisas sobre o assunto e viabilizar o uso de energia limpa nos pontos de combustível.

Vantagens de contar com energia solar

Até mesmo residências que têm um alto consumo podem se beneficiar das vantagens da energia solar após pouco tempo de instalação do sistema. E, passado o tempo de compensação, toda a energia gerada vai representar uma economia financeira, além de contribuir permanentemente para a preservação do meio ambiente.

As grandes empresas e multinacionais já adotam políticas para substituir completamente as suas fontes de geração de energia. No futuro as fontes renováveis serão as mais utilizadas ao redor do mundo!

Conte com a energia solar na sua empresa e/ou residência

Então, se você entende que os impactos ambientais da energia solar são menores quando comparados às fontes tradicionais, que tal compartilhar esse artigo nas suas redes sociais e ajudar a espalhar essas informações? Assim, mais pessoas vão se beneficiar dos sistemas fotovoltaicos e poderão contribuir para minimizar o impacto ambiental nas suas regiões!

Aproveite para analisar seus gastos com a sua conta de energia: investir em energia solar pode ser uma opção interessante para você!

Pronto para um atendimento de ponta?

Realize agora a simulação do SEU projeto de Energia Solar

OBTER ORÇAMENTO
(083) 9324-0200

Continue Lendo

Fique por dentro de nossos conteúdos!

Cadastre-se em nossa Newsletter para receber as novidades sobre energias renováveis em seu e-mail

Obrigado pela sua mensagem. Já foi enviada.
Ocorreu um erro ao tentar enviar sua mensagem. Por favor, tente novamente mais tarde.